Critérios da EKOenergia

Renovável e mais

EKOenergia estabelece critérios para os seguintes elementos:

  • Informação ao consumidor: Vendedores de EKOenergia devem informar aos consumidores e aos consumidores em potencial sobre a origem da sua energia com selo EKOenergia. Eles devem mencionar ao menos o país de origem e o tipo de energia renovável (eólica, solar…). Em paralelo, a rede EKOenergia investe tempo e energia em informar todos os consumidores sobre os impactos ambientais da produção de eletricidade.
  • Renovabilidade e sustentabilidade: EKOenergia é energia renovável. Energia que prioritariamente cumpre critérios estabelecidos pela rede EKOenergia. Para energia eólica, solar e geotérmica temos critérios geográficos. Energia produzida por hidroelétricas só pode ser vendida como EKOenergia se vêm de plantas que cumprem critérios de tamanho, tipo e conscientização ecológica. Para biomassa existem critérios em relação à origem da biomassa e à eficiência do processo de produção.
  • Clima e adicionalidade: A cada MWh vendido de EKOenergia, é obrigatoriamente feita uma contribuição de pelo menos €0,10 (dez centavos de euro) para o Fundo Climático EKOenergia. O dinheiro desse fundo será usado para estimular novos investimentos em eletricidade renovável.
  • Rastreabilidade e prevenção da dupla contagem: Somente eletricidade devidamente rastreada pode ser vendida como EKOenergia. Na Europa, o rastreamento é feito pelas Garantias do Sistema de Origem, conforme regulado pela legislação europeia. Em outros países trabalhamos com o sistema I-REC.
  • Auditoria e verificação: Um auditor externo e independente fiscaliza os volumes e a origem de EKOenergia vendidos por um fornecedor de eletricidade, além de fiscalizar a quantia de dinheiro paga para os fundos Ambientais e Climáticos

Texto oficial

Os critérios também estão listados no nosso documento principal ‘EKOenergia – a rede e o rótulo’, aprovado pela Rede EKOenergia em fevereiro de 2013 e disponível para download em mais de 20 línguas.